Resumo: Coriza é um sintoma comum e bastante incômodo para pessoas com gripes, resfriados ou doenças respiratórias. Entenda os principais aspectos dessa condição.

Se você convive com sinusite ou outras doenças respiratórias, sabe que a coriza – também definida como “nariz escorrendo” –, é um sintoma comum e bastante incômodo. Podendo apresentar aspecto transparente, amarelado ou misturado com sangue, a coriza também é comum em casos de gripes e resfriados, acompanhada de sintomas como espirros e obstrução do nariz.

Trata-se de uma inflamação da mucosa nasal, ocasionada por um excesso de muco que causa o entupimento dos seios nasais. Para conseguir realizar um tratamento eficiente para a coriza, é necessário conhecer as principais causas para essa condição.

Tipos de coriza

A secreção nasal apresenta três tipos de características, sendo cada uma associada a diferentes tipos de doenças.

 

Transparente e aquosa

   

Normalmente provocada por um resfriado comum, alergias, rinite alérgica ou febre do feno.

 

Amarelada

ou esverdeada

   

Geralmente ocasionada por sinusite ou tuberculose.

 

Cor ferrugem ou verde

   

Causada por infecções bacterianas ou lesão encefálica.


Causas

As mudanças de estação ou fatores como vírus e reações alérgicas a pólen, poeira, pelos de animais e outros – que irritam a mucosa – podem estar associados às causas da coriza. Com frequência, muitas pessoas podem apresentar esse problema durante o inverno e a primavera, por exemplo.

Tratamento

Geralmente, o tratamento para coriza é baseado em sintomáticos para a gripe, como antialérgicos, antitérmicos e analgésicos. Dessa forma, é possível reduzir a dilatação dos vasos da mucosa nasal e aliviar os sintomas da coriza. Além disso, alguns remédios caseiros podem ajudar no tratamento dessa condição, como os sucos naturais.

Recomenda-se que a coriza seja eliminada, principalmente se for apresentada em excesso. Para isso, você deve assoar o nariz, pois esse ato auxilia na eliminação do agente nocivo que tenta entrar nas vias aéreas. Outra opção é a lavagem com soro fisiológico.

Lembre-se de manter o corpo hidratado, bebendo bastante líquido, principalmente água. Isso ajuda o sistema imunológico a se recuperar. Além disso, tente manter seu corpo aquecido e não puxar a secreção para dentro do corpo.

Caso não seja tratada corretamente, a coriza pode levar ao desenvolvimento de outras doenças, como sinusite, bronquite e até mesmo pneumonia. Por isso, em caso de coriza constante, procure um médico.


Referências:

Fortíssima. Coriza constante: conheça as principais causas [Internet]. Acessado em: 16 out 2018. Disponível em: <https://fortissima.com.br/2014/03/16/coriza-constante-conheca-principais-causas-49369/>.

Cuidados pela Vida. O que é a coriza? Como essa secreção é formada no nariz? [Internet]. Acessado em: 16 out 2018. Disponível em: <https://cuidadospelavida.com.br/cuidados-e-bem-estar/gripe-e-resfriado/coriza-nariz>.

A Longa Vida. Coriza. Acessado em: 16 out 2018. Disponível em: <http://www.alongavida.com.br/coriza/>.